sobre livros e a vida

22/05/2021

Uma Promessa e Nada Mais, de Mary Balogh

Em uma promessa e nada mais, quinto volume da série Clube dos sobreviventes iremos conhecer mais de Ralph Stockwood, conde de Berwick. Ele é o herdeiro do ducado de Worthinghan, algo que lhe causa grande preocupação devido à saúde debilitada de seu avô e das responsabilidades que isso implica. A verdade é que muito mais do que pensar em herdar um ducado, Ralph ainda precisa enfrentar todos os fantasmas que o assombram.

Como os demais integrantes do clube dos sobreviventes, Ralph carrega cicatrizes físicas e psicológicas, sendo seu maior fardo a culpa pela morte de seus melhores amigos durante a guerra. Culpa essa que o mantém retraído e fechado para a vida e para a felicidade.

Desde sua desastrosa participação na temporada de Londres, Chloe Muirhead sofreu mais desilusões do que imaginava ser capaz de suportar, motivo pelo qual decidiu aceitar a possibilidade de se tornar uma solteirona e se refugiar na cada da madrinha de sua mãe. Apesar de se dizer conformada com seu destino, em seu intimo, Chloe sonha em ter sua própria casa e ser mãe. E e quando seu caminho se cruza com o de Ralph que precisa de um herdeiro para garantir seu ducado, que um acordo é selado, dando a ambos o casamento de conveniência de que precisavam. No entanto, para selar esse acordo de uma vez por todas, Ralph precisa prometer a Chloe que jamais a levará de volta a Londres.

Mas o que era para ser apenas um simples acordo acaba fugindo do controle. Após o casamento, Ralph precisa lidar com algumas responsabilidades mais cedo do que imaginava, o que o leva de volta a Londres, impedindo-o de cumprir com a promessa feita para sua esposa. Será que Chloe aceitará de bom grado essa triste constatação?

Eu adorei conhecer mais desses personagens e de como o relacionamento entre eles foi sendo construído aos poucos, principalmente por se tratar de um casamento por conveniência. A autora optou por trabalhar primeiramente o sentimento de amizade entre Chloe e Ralph, permitindo que o amor viesse a nascer sem pressa, fato que conferiu muito mais realidade para essa relação.

Um dos pontos que mais gostei nesse livro é que a história não foca no romance em si, mas na superação e na cura desses personagens. Cada um enfrentando seus próprios demônios enquanto encontram nos braços um do outro compreensão, suporte e afeto.

Como nos outros livros da autora, temos a participação de outros integrantes da série na história, o que deixa a história ainda mais gostosa de acompanhar. Indico a obra para quem procura um romance de época com personagens mais maduros, mas ainda assim enfrentando seus próprios dilemas.

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.