sobre livros e a vida

10/06/2019

Tá Na Estante :: ‘Oblivion Song – Canção do Silêncio’

De uma hora para outra, uma parte da Filadélfia se viu transferida para uma nova dimensão, onde monstros gigantes espreitavam e a sobrevivência passou a ser o objetivo das mais de 300 mil pessoas que foram transferidas para Oblivion. Ninguém entendeu como aquilo tinha acontecido, mas o governo passou a financiar pesquisas para tentar trazer os humanos de volta.

Nathan Cole é um cientista que foi responsável pelo resgate de muitas pessoas, mas dez anos depois está vendo seu projeto ser encerrado. As autoridades não acreditam mais que possam haver sobreviventes depois de tanto tempo e o financiamento está sendo cortado.

Só que Nathan não vai desistir assim tão fácil. Ele desenvolveu um método que permite com que ele viaje para Oblivion todos os dias e passa várias horas por lá, fugindo e enfrentando monstros na busca por possíveis sobreviventes. Mas aos poucos, Nathan vai percebendo que algo mudou nessa nova dimensão.

Muitas pessoas ainda estão desaparecidas, mas há tempos que ele não vê ninguém, o que o leva a acreditar que elas estão saindo da cidade. Porém, o que as levaria a fazer isso? O desconhecido pode ser ainda mais perigoso e não há tempo a perder. E o grande questionamento é: o que Nathan tanto procura nesse novo mundo, que o deixa tão obcecado?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

Desde que a minha vida de TCC começou, minhas leituras andam cada vez mais escassas. Mas, para aliviar a mente, me rendi ao mundo das HQs, que são ótimos passatempos. Quando a Intrínseca anunciou o lançamento de Oblivion Song, imediatamente me interessei e solicitei meu exemplar, buscando mais uma história instigante.

Criada por Robert Kirkman, o criador de The Walking Dead, Oblivion Song é uma mistura de distopia e ficção científica muito bem elaborada. Os traços de Lorenzo De Felici só deixam tudo mais maravilhoso e envolvente. Por ser uma HQ a leitura é bem rápida. Esse primeiro volume une os seis primeiros fascículos da série e já estou ansioso pelos próximos.

Nathan Cole é um personagem bastante intrigante. À primeira vista ele é um homem turrão e cabeça dura, mas conforme vamos conhecendo mais ele, vamos percebendo que existe um grande motivo por trás dessa sua personalidade. Gostei muito do rumo que o personagem tomou durante a trama.

Oblivion é um universo muito bem construído. Robert é muito bom em criar cenários pós-apocalípticos e aqui não deixa a desejar. É claro que ainda não temos muitas informações sobre como tudo aconteceu, mas uma ponta no final deixou um grande ganho para a sequência, que deve nos dar mais informações.

Em suma, Canção do Silêncio é uma HQ rápida, instigante e muito bem construída, que prova que fiz a escolha certa ao investir nessas leituras. E deixo aqui os parabéns para a editora Intrínseca, por investir cada vez mais nessas obras. Super recomendo a leitura a todos.

*Resenha postada originalmente por mim no Blog Recanto da Mi.

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.