sobre livros e a vida

20/12/2017

Tá Na Estante :: ‘O Iluminado’ #725

Oi, gente. Tudo bem?

Esse ano tive mais uma experiência com Stephen King e hoje vim contar pra vocês minha opinião sobre um de seus maiores clássicos, O Iluminado. Vamos conferir?!

Livro: O Iluminado
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Páginas: 520
Sinopse: “O lugar perfeito para recomeçar”, é o que pensa Jack Torrance ao ser contratado como zelador para o inverno. Hora de deixar para trás o alcoolismo, os acessos de fúria, os repetidos fracassos. Isolado pela neve com a esposa e o filho, tudo o que Jack deseja é um pouco de paz para se dedicar à escrita. Mas, conforme o inverno se aprofunda, o local paradisíaco começa a parecer cada vez mais remoto… e mais sinistro. Forças malignas habitam o Overlook, e tentam se apoderar de Danny Torrance, um garotinho com grandes poderes sobrenaturais. Possuir o menino, no entanto, se mostra mais difícil do que esperado. Então os espíritos resolvem se aproveitar das fraquezas do pai… Um dos livros mais assustadores de todos os tempos, O iluminado é um clássico de Stephen King. Edição especial com tradução revisada e prólogo e epílogo inéditos.

Jack Torrance tinha muitos problemas relacionados ao álcool, o que o deixava extremamente agressivo e assustador. Após perder o emprego na escola em que dava aulas, ele se vê desesperado tentando encontrar uma nova forma de sustentar a esposa, Wendy, e o filho de cinco anos, Danny.
E é aí que Al Shockley, um velho amigo de Jack, lhe faz uma proposta praticamente irrecusável. Ele deveria se tornar zelador do Hotel Overlook durante o inverno, quando o hotel fecha para hóspedes e os funcionários saem de férias. Durante as nevascas típicas da estação, o acesso ao local torna-se bem complicado, o que deixaria a família Torrance praticamente isolada durante este período.
Jack, que é aspirante a escritor, pensa que essa tranquilidade do isolamento pode ser boa para sua inspiração. Além disso, Wendy e Danny teriam toda a imensidão da propriedade para se divertirem e se distrairem. Sendo assim, ele aceita o emprego e parte com a família para as montanhas do Colorado.

Os primeiros dias são tranquilos, mas aos poucos coisas estranhas começam a acontecer. Como todo local antigo, o Overlook tem seus próprios fantasmas, que tentam atormentar a vida da família que está habitando-o. Danny é o primeiro a perceber os sinais, mas é em Jack que os efeitos vão ser maiores. 

Aos poucos, as forças que habitam o hotel vão entrando na mente de Jack e ultrapassando a linha tênue que mantinha a sanidade do escritor. Ele vai se tornando cada vez mais agressivo, o que deixa sua família em perigo. Quando uma tempestade os isola na propriedade, Wendy e Danny precisarão usar de toda sua coragem e determinação se quiserem escapar de lá com vida.
Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!
***
A adaptação de O Iluminado foi um dos meus primeiros contatos com Stephen King. Assisti o filme há uns dois anos e sempre tive curiosidade em ler a obra, mas nunca tive a oportunidade. Então, quando a Suma relançou o livro nessa edição maravilhosa da coleção Biblioteca Stephen King, não pude deixar de solicitar e me aventurar na obra. E não é que valeu a pena?
A escrita de Stephen King é, como muitos sabem, bastante prolixa, principalmente em suas obras mais antigas. Aqui não foi diferente. O autor demorou a desenvolver os fatos, fazendo com que em cem páginas os protagonistas nem tivessem chego ao hotel ainda, que é onde toda a trama vai se desenvolver. E, até o terror finalmente aparecer, muitas páginas se passaram.
Contudo, não pensem que isso diminui o brilhantismo da obra. O livro é narrado em terceira pessoa, alternando as perspectivas de Jack, Danny e Wendy. É tão interessante ver como eles vão mudando a cada capítulo, evoluindo e amadurecendo com as situações que se apresentam (no caso de Wendy e Danny) e ficando cada vez mais perigosos (no caso de Jack).
Achei bem interessante essa questão de Danny ser o iluminado. Ele tem apenas cinco anos e não entende muitas coisas sobre o mundo, mas consegue captar diversas nuances de personalidade, além de ter uma enorme sensibilidade para o mundo do além. Ele foi o primeiro a perceber que ir para o Overlook poderia não ser uma boa ideia, quando seu amigo imaginário, Tony, colocou imagens sombrias do hotel em sua cabeça.
É difícil falar mais sobre o livro, que já é praticamente um clássico. Sobre o filme, posso acrescentar que é uma adaptação brilhante. Claro que os efeitos, comparados aos que temos atualmente, deixam um  pouco a desejar, mas todo contexto da trama está presente e a atuação de Jack Nicholson está sensacional. Vale muito a pena.
O Iluminado é um livro que desperta todo tipo de emoção no leitor, daquelas que deixam seu psicológico alterado. Não posso não recomendar essa obra a todos. Estou cada vez mais apaixonado por King e quero que todos conheçam suas histórias!
Beijos e até a próxima!

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.