sobre livros e a vida

03/01/2018

Tá Na Estante :: ‘O Coletor de Espíritos’ #738

E aí, pessoal! Tudo bem?

Livro: O Coletor de Espíritos
Autor: Raphael Draccon
Editora: Rocco
Páginas: 210
Sinopse: Quando a chuva aflige o vilarejo de Véu-Vale pelo terceiro dia consecutivo, as ruas iluminadas por tochas ficam desertas; as janelas, uma a uma, se fecham; nesses dias, quem caminha pelas ruas de Véu-Vale caminha sozinho. Em O coletor de espíritos, novo romance de Raphael Draccon, um dos principais nomes da literatura de fantasia nacional, Gualter Handam, antigo morador do vilarejo e hoje um psicólogo prestigiado, se vê obrigado a retornar ao local que povoa seus pesadelos. Depois de tantos anos, ele terá de encarar antigos fantasmas e enfrentar uma força desconhecida e furiosa, numa jornada de sacrifício e redenção que poderá finalmente libertar todo um povo das garras do medo.

Em O Coletor de Espíritos vamos conhecer a história de Gualter Handam. Ele nasceu e cresceu no vilarejo de Véu-Vale, um local escondido e simples com grandes crenças e simplicidade. Assim que possível, o homem abandonou o local em busca de liberdade, mudando-se para a cidade grande e tornando-se um psicólogo bem-sucedido.
O objetivo de Gualter era sair de Véu-Vale e nunca mais voltar. O vilarejo, apesar de pitoresco, era o maior motivo de todos os seus pesadelos. Contudo, quando sua mãe adoece, Gualter é obrigado a retornar e junto dele, todos os seus medos também retornam.
Acontece que Véu-Vale sofre com uma maldição. Se há chuva por três dias consecutivos, todos os moradores se escondem da melhor forma possível. Assim que a noite cai, não é mais seguro sair sozinho. O mal ronda cada esquina e ninguém é capaz de detê-lo. E mesmo sabendo disso, as pessoas seguem com suas vidas tranquilamente.

Com o seu retorno ao vilarejo, Gualter precisará enfrentar seu passado e seus medos, ajudando seus conterrâneos contra o mal. Aos poucos, o homem vai cruzar com diversas situações e vai descobrir mistérios imensos acerca do local. E, quanto mais tempo passar lá, mais Gualter vai se arrepender de ter voltado…

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!
* * *
Eu nunca tinha lido nada de Raphael Draccon, mas sempre ouvi falar muito bem sobre sua escrita. Alguns amigos já me recomendaram sua trilogia Dragões de Éter, mas sempre protelei a leitura. Então, quando a Rocco anunciou o lançamento de O Coletor de Espíritos, decidi que agora seria a hora de me aventurar. E até que a experiência foi interessante, mas poderia ter sido melhor.
A escrita de Draccon é leve, fluida e envolvente. É difícil eu me concentrar por tempo suficiente para ler um livro em uma sentada e o autor conseguiu este feito. Claro que as poucas páginas ajudaram nessa façanha, mas a escrita dele é daquelas que dá vontade de seguir lendo para sempre.
Contudo, me incomodei bastante com o desenvolvimento dos fatos. Foi tudo jogado no leitor de forma confusa e, mesmo no final, nenhuma explicação foi dada. Sabe quando você percebe que o autor quer inserir um tom de mistério na trama? Foi o que Draccon tentou fazer aqui, mas não me convenceu nem um pouco. Eu fiquei deveras intrigado, mas nada que diga “Oh, meu Deus, que mistério!”.
Acabei me decepcionando também com a construção dos personagens. Não consegui me identificar ou criar empatia com nenhum. Gualter é arrogante, prepotente e egocêntrico. Suas atitudes são mesquinhas e eu só tinha vontade de entrar no livro e lhe dar uns bons tapas. Acho que isso contribuiu para a obra não funcionar para mim.
Mas não é só coisa ruim que o livro traz. Gostei muito da ambientação de Véu-Vale. O autor caprichou nos detalhes e, conforme o cenário foi apresentado, consegui imaginar perfeitamente cada nuance do local e me imaginar lá.
Em suma, O Coletor de Espíritos não me convenceu, mas talvez agrade os leitores menos exigentes. Não foi uma boa primeira experiência para mim com o autor, mas acho que darei uma nova chance futuramente…


Abraços e até mais!

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.