sobre livros e a vida

03/10/2018

Tá Na Estante :: ‘A Nuvem’ #812

Oi, gente. Tudo bem?

Recentemente finalizei a leitura do segundo volume de uma das minhas séries favoritas atualmente e hoje vim contar pra vocês o que achei. Vamos conferir?!

Livro: A Nuvem
Série: Scythe (#02)
Autor: Neal Shusterman
Editora: Seguinte
Páginas: 464
Sinopse: No segundo volume da série Scythe, a Ceifa está mais corrompida do que nunca, e cabe a Citra e Rowan descobrir como impedir que os ceifadores que não seguem os mandamentos da instituição acabem com o futuro da humanidade. Em um mundo perfeito em que a humanidade venceu a morte, tudo é regulado pela incorruptível Nimbo Cúmulo, uma evolução da nuvem de dados. Mas a perfeição não se aplica aos ceifadores, os humanos responsáveis por controlar o crescimento populacional. Quem é morto por eles não pode ser revivido, e seus critérios para matar parecem cada vez mais imorais. Até a chegada do ceifador Lúcifer, que promete eliminar todos os que não seguem os mandamentos da Ceifa. E como a Nimbo Cúmulo não pode interferir nas questões dos ceifadores, resta a ela observar. Enquanto isso, Citra e Rowan também estão preocupados com o destino da Ceifa. Um ano depois de terem sido escolhidos como aprendizes, os dois acreditam que podem melhorar a instituição de maneiras diferentes. Citra pretende inspirar jovens ceifadores ao matar com compaixão e piedade, enquanto Rowan assume uma nova identidade e passa a investigar ceifadores corruptos. Mas talvez as mudanças da Ceifa dependam mais da Nimbo Cúmulo do que deles. Será que a nuvem irá quebrar suas regras e intervir, ou apenas verá seu mundo perfeito desmoronar?

Após os acontecimentos de O Ceifador, as vidas de Rowan e Citra mudaram completamente. A garota tornou-se a honorável Ceifadora Anastasia e segue fazendo suas coletas ao lado da Ceifadora Curie. Citra ainda é vista com maus olhos por suas atitudes no último Conclave, quando deu imunidade a Rowan ao invés de coletá-lo, mas está conquistando aos poucos o respeito de seus colegas.

Já Rowan está fugindo por aí. Aproveitando as últimas semanas de sua imunidade, ele usa um manto preto e se autointitula Ceifador Lúcifer, buscando Ceifadores corruptos e os coletando, em nome de uma causa maior. Ele é temido por todos e sua cabeça está a prêmio, cada dia mais valiosa.

Por outro lado, a Nimbo Cúmulo está acompanhando toda essa confusão dentro da Ceifa e sabe que dias piores estão por vir. Contudo, pela lei, ela não pode se envolver diretamente e aí que entra Greyson Tolliver. Ele é um garoto sozinho que tem a Nimbo como referência para tudo em sua vida. Então, quando ele recebe um pedido indireto da entidade para auxiliá-la com os problemas da Ceifa, não pensa duas vezes.

Aos poucos, Tolliver vai mudando sua vida radicalmente e cada uma de suas ações respinga no universo dos Ceifadores. Logo ele vai percebendo que existe muito mais por trás daquilo que a Nimbo conhece, mas seu status atual de infrator o impede de buscar auxílio com a amiga. Agindo sozinho, ele precisará de toda coragem se quiser impedir uma grande catástrofe.

Enquanto isso, um inimigo do passado de Rowan e Citra está retornando e seus pesadelos estão só por começar. Vivendo em lados opostos da sociedade, os dois precisarão unir forças se quiserem impedir um mal maior, mas sendo Citra uma Ceifadora e Rowan um criminoso procurado, essa união pode trazer mais malefícios do que eles estão esperando…

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

O Ceifador foi uma das minhas melhores leituras do ano passado. Recebi a prova antecipada em parceria com a editora Seguinte e mesmo com o pouco tempo que tinha para leituras, devorei o livro o mais rápido possível. Finalizei a obra ansioso pela continuação e então quando A Nuvem foi anunciado, é claro que surtei. Assim que possível solicitei meu exemplar e corri para ler. A demora em fazer a resenha foi justamente por não saber o que dizer desse livro…

A escrita de Neal Shusterman é simplesmente fabulosa. O autor tem algo em seu modo de contar suas histórias que prende o leitor do começo ao fim. Esse segundo volume da série tem quase 500 páginas e a leitura foi tão rápida que nem percebi as páginas passando. Cada novo parágrafo continha uma reviravolta e conforme o final ia se aproximando, meus nervos iam ficando ainda mais à flor da pele.

A narrativa segue em terceira pessoa, mas agora temos mais perspectivas. Além de Rowan e Citra, Greyson Tolliver ganhou um enorme espaço e voz de narrativa. Os pontos de vista vão se alternando a cada capítulo e esse é um dos pontos altos da história, já que o leitor consegue observar no geral tudo que está acontecendo, enquanto os personagens ainda estão juntando as pistas.

Os personagens estão ainda mais maduros e cativantes e isso é palpável. Citra segue sendo minha favorita. Ela me lembra muito uma versão mais badass de Hermione Granger, que é uma das minhas personagens mais queridas. Citra é super inteligente e tem uma força que não dá pra contestar, não se deixando subjugar por uma sociedade altamente machista. Palmas para o ícone.

Já que o assunto é amadurecimento, não posso deixar de falar sobre Rowan. Os golpes que a vida lhe deu o fizeram ficar mais forte e mais duro. Isso já foi possível notar no decorrer do primeiro livro, mas aqui o rapaz está ainda mais incisivo. Todas as suas atitudes são bem pensadas e ele quer fazer a coisa certa sempre, apesar de os meios para isso não serem dos mais apropriados.

E o que falar sobre o final? Quando Shusterman começou a desenvolver o clímax, meu coração foi a mil batimentos por segundo. Era tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo que eu não conseguia imaginar o que aconteceria no desfecho. O melhor de tudo foi que o autor não se perdeu nessa gama de eventos e soube desenvolver tudo muito bem. Quando virei a última página, só consegui usar as mãos para levantar o queixo caído e aplaudir esse homem. Agora a espera pela continuação vai ser ainda mais mordaz.

A Nuvem conseguiu superar O Ceifador, que por si só já é um livro excelente. Shusterman conquista a cada dia mais sua vaga no meu hall de favoritos e por conta disso não posso deixar de recomendar toda essa série para vocês. Se joguem na leitura, pois realmente vale cada segundo investido nela.

Beijos e até a próxima!

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.