sobre livros e a vida

06/01/2017

Tá Na Estante :: ‘Garota Desaparecida’ #623

Heeey, gente. Tudo bem?

Aqui é a Denise, do Blog Sacudindo as Palavras, e vim hoje, à convite do Leo, falar sobre uma das minhas últimas leituras, um thriller publicado recentemente pela Verus Editora. Vamos conferir?!

Livro: Garota Desaparecida
Autora: Sophie McKenzie
Editora: Verus
Páginas: 238
Sinopse: Lauren mora na Inglaterra e sempre soube que é adotada. Mas, quando uma breve pesquisa sobre o seu passado revela a possibilidade de ela ter sido roubada de uma família americana ainda bebê, a vida de Lauren de repente parece uma fraude. O que ela pode fazer para tentar encontrar os pais biológicos? E seus pais adotivos terão sido os responsáveis por sequestrá-la? Lauren convence sua família a fazer uma viagem para o outro lado do Atlântico e, lá chegando, foge a fim de tentar descobrir a verdade. Mas as circunstâncias de seu desaparecimento são sombrias, e os sequestradores de Lauren ainda estão à solta — e dispostos a qualquer coisa para mantê-la calada.

Garota Desaparecida é o primeiro livro de uma série que conta a história de Lauren, uma garota de 14 anos que foi adotada quando ainda era bebê. Para a escola, Lauren deve escrever uma redação falando sobre si, mas como ela pode fazer isso se não conhece seu passado?

Por conta disso, Lauren faz uma breve pesquisa na internet e acaba se deparando com um site de crianças desaparecidas, onde encontra um anúncio que fala sobre uma garotinha que desapareceu no mesmo mês em que ela foi adotada. Mas o que mais surpreende Lauren, é que a garota tem características físicas muito semelhantes às dela.

“É estranho como uma coisa pode ajudar você a seguir em frente e, ao mesmo tempo, partir seu coração.”

Lauren acaba questionando os pais sobre o seu passado, mas eles acham que ela ainda não tem idade suficiente para lidar com este assunto. Então, ela acaba criando um plano com o seu melhor amigo, Jam, para investigar mais a fundo essa questão de sua vida. Eles descobrem diários da mãe da garota que datam da época que ela foi adotada. Com algumas informações importantes, Lauren acaba descobrindo que foi adotada nos Estados Unidos, mesmo país em que a garotinha foi roubada.
Para poder investigar as coisas mais a fundo, Lauren acaba arquitetando um plano que consiste em fazer a sua família viajar para outro continente, já que ela mora na Inglaterra. Assim, Lauren e Jam planejam tudo para que no meio do caminho eles consigam fugir para tentar descobrir toda a verdade. Mas será que realmente vale a pena?
Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!
Como a louca do thriller que sou, não perdi a oportunidade de aceitar ler esse livro quando o Leo me perguntou se eu queria. Quando eu li a sinopse, logo me empolguei com o livro, mas infelizmente ele não é nada do que é esperado.
O livro é narrado em primeira pessoa pela Lauren, que tem 14 anos. Obviamente um livro protagonizado por uma adolescente seria um livro mais bobinho, mas esse passa dos limites. Logo no começo percebemos que a Lauren é uma garota um pouco muito mimada, mas com o passar da narrativa ela começou a se tornar extremamente chata.
A obra tem uma base muito boa que a autora poderia ter trabalhado muito mais e construído uma história maravilhosa, mas infelizmente Sophie Mckenzie não fez isso. Tem cenas extremamente ridículas durante o livro. Um exemplo é o modo como as cenas mais tensas do livro se desenrolam e como os personagens que são adolescentes conseguem sair das situações.
Frisando a palavra adolescente aqui, vou falar que as atitudes que a Lauren tem durante várias cenas do livro são tão sem noção que não podem ser consideradas de adolescentes. Ela parecia uma criança, que não consegue pensar por si própria e não tem noção dos seus atos.
Os outros personagens também não se salvam. A única vantagem que vi na escrita da autora é que ela conseguiu tornar o livro muito fluído. Em poucas horas já conseguimos avançar muito na leitura, apesar da história não ser boa. E isso foi o que salvou o livro todo.
O livro está muito bem trabalhando na parte estética. A capa e os detalhes de dentro estão bem feitos, assim como o tamanho da fonte que deixa a leitura mais agradável. Infelizmente esta não foi uma das minhas melhores leituras. Mas deixo por conta e risco de vocês, se vocês quiserem ter esta experiência não tão boa de leitura assim.
Beijos e até a próxima!!!
***
Esta postagem está concorrendo ao TOP Comentarista!
Clique AQUI e saiba como participar.

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.