sobre livros e a vida

08/10/2016

Tá Na Estante :: ‘Doce Mentira’ #581

Heeey, gente. Tudo bem??

Esse fim de semana repleto de calor em Salvador me deixou mole, porém cheia de leituras concluídas, haha. Hoje vou contar um pouco sobre um livro que recebi por acaso, não tinha muitas expectativas, mas acabei gostando. Vamos ver?

Livro: Doce Mentira
Série: Filthy #01
Autora: Kendall Ryan
Editora: Pandorga
Assessoria: Lilian Comunica
Páginas: 174
Sinopse: Sophie Evans está contra a parede. Com a vida de sua irmã por um fio, sua única escolha é ser forte e cuidar de sua família, mesmo que isso signifique vender sua virgindade pelo preço mais alto em um clube erótico exclusivo. Quando Colton Drake a leva para casa, Sophie logo percebe que nada é o que parece ser ao lado desse homem lindo e problemático. Estar com ele traz desafios que ela não esperava encontrar e faz com que deseje coisas que jamais imaginou. Juntos, Colton e Sophie embarcarão em uma viagem de novas sensações e sentimentos, descobrindo que o destino sempre dita as regras e que o prazer pode ser a ruína de um mau jogador.

Até onde você iria por alguém que ama?
Compre clicando aqui!

Em Doce Mentira vamos conhecer Sophie Evans, uma jovem de 21 anos que está sem rumo na vida desde a descoberta do câncer de ovário da sua irmã gêmea. Becca sempre foi cheia de vida e de sonhos, o espelho de Sophie, então é um trauma ver a irmã definhando. A família das garotas não têm condições de arcar com o tratamento que chegaria em cerca de $300 mil dólares. Sophie então decide procurar algo que ajude a família neste momento difícil.
Logo nos primeiros dias ela percebe que um emprego como garçonete não ajudará em nada, então recebe propostas para trabalhar em um bar de strip. Sua timidez, porém, não a qualifica para este trabalho, mas o dono deste estabelecimento lhe conta sobre um leilão e é para lá que ela vai.

Neste leilão os objetos de desejo dos compradores são garotas de todos os tipos. O homem que comprar a moça no leilão terá direito a ficar seis meses com ela, e os valores em questão não são nada modestos. Sophie é a última garota a ser leiloada e carrega um peso extra, a jovem é virgem. 
Colton Drake carrega marcas do passada que preferia esquecer e é para isso que ele está no leilão, quer levar para casa uma garota que o faça esquecer seus problemas. Ele não sabe o que o faz arrematar Sophie por um preço tão exorbitante, só sabe que quer a garota por perto. E assim eles partem rumos aos seis meses mais loucos e complicados que poderiam ter.
Sophie e Drake são completamente diferentes, mas se encaixam de uma forma única. Nenhum dos dois sabe como isso irá terminar, mas anseiam por isso; porém aproveitam da melhor forma que podem, curtindo e aproveitando o momento, sem pensar muito no que virá a seguir.
***
Kendall Ryan é uma autora best-seller, mas confesso que nunca tinha ouvido falar muito sobre ela. Quando recebi o livro em minha caixa postal, achei a sinopse interessante, só que meio parecida com muitas coisas que já li neste gênero. Entretanto, a leitura foi uma completa surpresa. Kendall, danadinha, você guarda muitas cartas na manga. 



Curti a construção dos personagens; mesmo que eu alguns momentos Sophie aja como uma criança que não sabe o que quer, ela também sabe se impor como mulher nos momentos corretos, tirando todo aquele ar de submissão da história. Drake é um personagem ímpar, os segredos que ele carrega nos faz querer correr até o fim do livro para descobrir o que está acontecendo, ao mesmo tempo em que queremos degustar pouco a pouco cada página da história. 
O livro foca no casal protagonista, com quase nenhum personagem secundário. Achei interessante, pois a gente realmente conhece eles e entende como e porquê chegaram até aqui. A narrativa fluida nos leva a passar as páginas quase sem sentir, mas quando menos se espera, o final chega, e que final!
A autora decidiu não poupar emoções e concluiu o livro naquela parte tensa da história, onde tudo o que a gente mais quer é a continuação. Ai que vontade de dar uma surra nela! A Pandorga arrasou na edição, mas pecou um pouco na revisão do livro. Alguns erros, principalmente com o uso do travessão, me deixaram  confusa, tive que reler algumas frases para compreender. 
Doce Mentira não é um livro maravilhoso e que te fará soltar foguetes ao concluir a leitura, mas é um livro bom. É legal para passar o tempo e se divertir, além de segurar dentro de si as dores dos personagens. Gostei bastante e realmente estou curiosa quanto a continuação. Super indico para quem curte esses romances mais quentes.

*Recebi este livro da assessoria de imprensa Lilian Comunica.

Beijocas e até a próxima!!!

***
Esta postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique aqui e saiba como participar.

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.