sobre livros e a vida

24/01/2019

Na Telona :: ‘A Favorita’ #72

E aí, pessoal! Tudo bem?

Na semana passada eu fui convidado pela Espaço/Z a participar de mais uma cabine de imprensa aqui em Brasília e hoje eu vim contar para vocês o que achei do mais recente filme do diretor Yorgos Lanthimos.

Quando eu recebi o convite para a cabine de A Favorita eu confesso ter ficado indeciso se deveria ou não aceitar, pois mesmo amando o trabalho do diretor os seus filmes costumam me deixar sem muitas palavras para me expressar. Aqueles que assistiram os seus últimos dois trabalhos, O Lagosta e O Sacrifício do Cervo Sagrado, sabem muito bem do que estou falando. Os filmes embora impecáveis em todos os aspectos conseguem ser um pouco complicados de digerir, o que acaba dificultando na hora de expressar minha opinião.

Rachel Weisz e Olivia Colman no filme A Favorita. Foto por Yorgos Lanthimos. © 2018 Twentieth Century Fox Film Corporation

Olivia Colman interpreta a Rainha Anne, a primeira rainha da Grã-Bretanha, que tomada pela gota e pensamentos suicidas entre a confiança de seu reino a sua amiga e amante Lady Sarah (Rachel Weisz), que também é responsável por massagear as pernas doloridas da rainha e outras partes de seu avantajado corpo. Pressionada por Sarah, a rainha considera dobrar os impostos do reino para custear a guerra com a França, na qual o marido de Sarah, o Duke de Marlborough (Mark Gatiss), está colecionando vitórias. Ao mesmo tempo temos Robert Harley (Nicholas Hoult) liderando a oposição que demanda um acordo de paz entre os dois países para que possam poupar recursos e vidas.

Em meio a toda essa loucura que está acontecendo nós temos a chegada de Abigail (Emma Stone), a prima desafortunada de Sarah que teve sua vida virada 180 graus e agora precisa de um emprego. Mostrando ser uma pessoa completamente diferente de sua prima, Abigail começa aos poucos se aproximar da rainha e a proporcionar à rainha um novo tipo de companhia, com menos ordens e regras.

Emma Stone e Olivia Colman no filme A Favorita. Foto por Yorgos Lanthimos. © 2018 Twentieth Century Fox Film Corporation

Diferente de seus últimos trabalhos, Lanthimos não assina o roteiro com seu parceiro de escrita Efthymis Filippou, dessa vez o roteiro do longa foi escrito por Deborah Davis e Tony McNamara, o que proporcionou ao filme um tom bem diferente das outras obras do diretor mas ainda assim mantendo algumas de suas características. Assim como O Lagosta, A Favorita é um filme de drama que consegue ser carregado de comédia sem criar momentos que não pareçam pertencer ao filme, e quando eu digo comédia eu me refiro ao tipo de comédia que faz até jornalistas continuarem gargalhando por um momento após a cena.

O filme, que arrecadou merecidas 10 indicações ao Oscar de 2019 incluindo melhor filme, diretor, atriz, duas indicações em atriz coadjuvante, roteiro original, fotografia e outros, conta com um time de primeira tanto na frente quanto por trás das câmeras. O elenco é encabeçado pela incrível Olivia Colman e as ganhadoras do Oscar Rachel Weisz e Emma Stone que dão um show de atuação durante todo o filme e mostram o motivo de todas as indicações durante essa temporada de premiações. O elenco também conta com nomes como Nicholas Hoult, James Smith e o sensacional Mark Gatiss.

Rachel Weisz e Olivia Colman no filme A Favorita. Foto por Atsushi Nishijima. © 2018 Twentieth Century Fox Film Corporation

A fotografia indicada ao Oscar é assinada por Robbie Ryan e também é impecável desde as cenas mais claras no jardim da propriedade enquanto Abigail e Sarah praticam tiro até as cenas mais escuras dentro do castelo onde podemos acompanhar a dor e sofrimento da rainha Anne. O filme em diversos momentos também usa lentes grande-angulares tão extremas que de início podem causar um estranhamento devido ao aspecto ‘olho de peixe’ mas que com o passar do tempo você acaba se acostumando.

A Favorita é mais uma adição na crescente lista de filmes incríveis dirigidos por Lanhimos e é sem dúvidas um dos meus filmes favoritos nessa temporada de premiação. A Favorita chega oficialmente hoje, 24 de Janeiro de 2019, aos cinemas de todo o país.

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.