sobre livros e a vida

19/01/2017

Na Telona :: ‘La La Land – Cantando Estações’ #54

E aí, pessoal! Tudo bem?

Na semana passada participei de mais uma cabine de imprensa aqui em Brasília em parceria com a Espaço/Z, e vim contar para vocês, com a ajuda do Leo, que assistiu o filme em cabine lá em Porto Alegre, o que achei do filme em questão, que é o recordista de estatuetas do Globo de Ouro e favorito ao Oscar 2017. Vamos conferir?!

Passageiros-FilmeFilme: La La Land – Cantando Estações
Diretor: Damien Chazelle
Distribuidora: Paris Filmes
Duração: 2h08min
Lançamento: 19 de janeiro de 2017
Classificação: 12 anos
Gênero: Musical
Sinopse: Em Los Angeles, Sebastian (Ryan Gosling) é um pianista de jazz cheio de marra e vaidoso que acaba se apaixonando por uma atriz aspirante, a sonhadora Mia (Emma Stone). Mas esse amor passa por várias provações, já que começam a se dedicar mais e mais ao trabalho à medida em que vão se tornando bem-sucedidos.

Nas últimas semanas de 2016 e no inicio de 2017 o assunto mais comentado sobre nós do SEA foi o lançamento do extremamente aguardado La La Land. Quando recebemos o convite da Espaço/Z para assistirmos a obra na cabine de imprensa nós obviamente confirmamos presença sem ao menos pensarmos duas vezes.

Se você tem vivido sob uma pedra durante os últimos meses e não tem ideia de que filme é esse que todos estão falando, La La Land é o novo longa de Damien Chazelle, diretor de Whiplash (outro filmaço). O musical conta a história de Mia e Sebastian, ela é uma atriz aspirante e ele um pianista de jazz. Com um romance vivido na cidade dos sonhadores, os dois precisam se esforçar em dobro para realizar seus sonhos sem deixar a chama de seu amor apagar.

O longa foi o ganhador de 7 Globos de Ouro, batendo o recorde anterior, foi indicado a 11 categorias no BAFTA e é também o favorito ao Oscar de Melhor Filme.Isso se deve ao fato de que La La Land não é simplesmente mais um musical qualquer ou uma simples adaptação de uma peça teatral para o cinema e sim um filme original que traz novamente para as telonas mundiais toda aquela magia contida nos musicais da década de sessenta e que rapidamente encontra o caminho para o seu coração com emocionantes e divertidos números de jazz.

Somente a ideia de um número musical no meio de uma congestionada rodovia de Los Angeles pode parecer extremamente ridícula para aqueles que não são muito fãs de musicais, porém nas mãos de Chazelle essa ideia se transforma no colorido, perfeitamente coreografado e incrivelmente contagiante falso plano-sequência inicial que nos da uma clara noção do que está por vir nas próximas duas horas de filme.

Já no elenco eu não poderia estar mais surpreso. Emma Stone e Ryan Gosling, que já contracenaram anteriormente, possuem química e carisma para dar e vender. Mesmo enquanto eles cantam sobre como não são um casal, seus corpos contam uma história completamente diferente.

É claro que eles não possuem técnicas vocais impressionantes e nenhuma extraordinária habilidade na dança, porém durante as cenas vai ficando bem claro que essa era a intenção desde o início pois são esses pequenos detalhes que dão aquele toque de espontaneidade e genuinidade que o filme carrega.

A escolha de J. K. Simmons para interpretar Bill, o ex-chefe de Sebastian, foi uma jogada extremamente inteligente pois o personagem representa o extremo oposto do personagem de J.K. em Whiplash, seu primeiro trabalho com Damien.

La La Land veio para nos lembrar que filmes ainda podem ser uma experiência mágica e podem nos mostrar a verdadeira magia que existe ao nosso redor. Nos mostra que mesmo que amanhã não seja um lindo dia de sol como é dito no número inicial, nós ainda podemos acordar e realizar os sonhos que nos fazem querer cantar e dançar.

***
Esta postagem está concorrendo ao TOP Comentarista!
Clique AQUI e saiba como participar.

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.