sobre livros e a vida

14/11/2021

Jogos de Herança, de Jennifer Lynn Barnes

Avery Grambs perdeu a mãe e passou a viver com sua irmã mais velha, fazendo de tudo para passar despercebida e ir bem na escola, de forma a conseguir os créditos necessários para ir para a faculdade. Mas sua vida vira de cabeça para baixo quando descobre que o excêntrico bilionário Tobias Hawthorne a citou em seu testamento como herdeira.

A garota não tem ideia de quem seja Tobias ou o motivo pelo qual ele deixou algum bem para ela, mas por influência da irmã – e do arrogante Grayson Hawthorne – ela decide ir até a Mansão Hawthorne para a leitura do testamento e descobre que ela não herdou apenas alguns bens e sim toda a fortuna, enquanto o restante da família não recebeu quase nada. A única regra é que ela viva na Mansão por um mês, junto aos outros Hawthorne, que não a veem com bons olhos.

Aos poucos e com a “ajuda” dos netos de Tobias, Avery vai descobrindo um pouco mais sobre a vida do falecido bilionário e sua paixão por jogos. Ao que tudo indica, Avery é uma peça fundamental no último desafio criado por Hawthorne, só resta a ela saber como se encaixar neste quebra-cabeça. Ela precisa ser rápida, pois se tornar herdeira da noite para o dia lhe trouxe muitos problemas, inclusive poderosos inimigos que colocarão sua vida e daqueles que ama em perigo.

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!

***

Quando a Alt anunciou o lançamento de Jogos de Herança, a capa imediatamente me atraiu. Vi alguns comentários positivos blogosfera afora e assim que o livro chegou nas minhas mãos corri pra ler, sem saber muito bem do que se tratava a história. E me jogar assim no escuro foi uma jogada de mestre, porque eu simplesmente amei o livro!

A escrita de Jennifer Lynn Barnes é simplesmente viciante. Iniciei a leitura numa tarde e, devido ao ritmo alucinante, simplesmente não consegui largar até finalizar. Há tempos não lia um livro tão envolvente, daqueles que te pegam de jeito, sabe?

Avery é uma protagonista excelente. Me afeiçoei a ela de início, por demonstrar ser uma garota forte e independente. Depois que ela chega à Mansão Hawthorne e precisa praticamente duelar com o restante da família por seu lugar como herdeira, passei a admirá-la ainda mais. Gente rica adora humilhar gente pobre, mas Avery não baixou a cabeça em momento algum.

O final foi surpreendente. Conforme o clímax foi se construindo, Jennifer foi revelando informações aos poucos e eu já tinha milhões de teorias sobre como tudo se encerraria, mas não acertei nenhuma. Apesar de ter sido um pouco aquém do que eu esperava, o fato de ter me surpreendido contou muitos pontos para a obra.

Jogos de Herança é um livro envolvente e eletrizante, com personagens carismáticos, muitas intrigas e jogos de poder e interesse. Sem sombra de dúvidas eu recomendo a história a todos. Tenho certeza que vão se surpreender.

*Resenha postada originalmente por mim no @blogmaisquelivros.

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.