sobre livros e a vida

29/07/2016

Tá Na Estante :: ‘De Volta a Blackbrick’ #559

E aí pessoal, tudo bem?

Hoje estou aqui pra falar pra vocês de um livro lindinho que recebi em parceria com a Galera Record. Vamos conferir?!

Livro: De Volta a Blackbrick
Autora: Sarah Moore Fitzgerald
Editora: Galera Record
Páginas: 240
Sinopse: Neste livro sensível e delicado, a autora utiliza o universo fantástico para falar sobre memória. O protagonista é Cosmo, um menino que vive com o avô e muitas vezes tem pouca paciência com ele. Na verdade, o avô sofre de Mal de Alzheimer e está perdendo a memória. Um dia, ele dá uma chave a Cosmo e pede que ele vá até a mansão de Blackbrick. O menino descobre que o local é, na verdade, um portal para o passado, e lá encontra o avô aos 16 anos. Com a nova convivência, ele vai conhecer de verdade sua história.

Cosmo tem uma infância complicada. Depois que seu irmão mais velho, Brian, morreu, a mãe tornou-se uma workaholic e mudou-se para Sydney para trabalhar, assim deixando o menino para morar com os avós, DeeDee e Kevin. O menino é bastante próximo do avô, mas a situação muda quando o senhor começa a apresentar sinais do Mal de Alzheimer e muitas vezes esquece quem Cosmo é.
Tudo piora quando uma assistente social surge querendo levar Kevin embora. Acredita-se que ele não está mais apto para continuar morando na casa, o que força Cosmo a ter que ir morar com o tio, o que deixa o menino irritado. Por que afastar seu avô das pessoas que o amam e se preocupam com ele?
Antes de ir embora, Kevin tem um de seus raros momentos de lucidez e conversa com Cosmo. O senhor lhe entrega uma chave e um endereço e pede que o garoto vá até lá, que irá encontrá-lo naquele lugar. Esse lugar é a Abadia de Blackbrick e a chave abre um dos seus portões. Cosmo à princípio fica receoso, achando que tudo não passa de mais um devaneio do avô, mas quando decide investigar, é surpreendido por uma descoberta.

Ao atravessar o portão que abriu com a chave, Cosmo percebe que voltou ao passado e depara-se com seu avô, só que quando ele tinha dezesseis anos. Sem saber o que fazer, Cosmo resolve embarcar nessa aventura, alterando coisas no passado para melhorar seu futuro. Mas será que isso vai dar certo?

Querem saber o que vai acontecer? Então não deixem de ler!
Quando vi esse livro entre os lançamentos da Galera Record, a capa logo me atraiu. Resolvi ler a sinopse e me encantei com o que encontrei. Por isso, resolvi solicitar e me arriscar na leitura. E foi uma experiência única.
A escrita de Sarah Moore Fitzgerald é leve, fluida e envolvente. Logo nas primeiras páginas me vi inserido em sua trama, querendo saber o que aconteceria com Cosmo e sua descoberta. Amei a sensibilidade com que a autora desenvolveu a relação do menino com o avô e o Mal de Alzheimer, dando um tom leve, mas ao mesmo tempo informativo sobre o assunto.

O livro é narrado em primeira pessoa, sob a perspectiva de Cosmo. E que personagem maravilhoso é esse? O menino é bastante inocente, mas tem uma enorme determinação em ajudar o avô que tanto ama. Achei tão tocante a cena em que ele procura informações sobre a doença de Kevin na internet e começa a praticar as instruções do site, achando que vai ajudar de alguma forma.
Tocante acho que é a palavra que define esse livro. Cada nuance desperta um novo sentimento na gente e várias vezes me vi com lágrimas nos olhos ao admirar a coragem de Cosmo. O livro é um infanto-juvenil e por isso tem uma pegada mais leve. Mas imaginem se não tivesse? Acho que deitaria em posição fetal e choraria pelo resto da vida.
A edição física é muito bonita. A capa é uma adaptação da original e é bastante atrativa. A diagramação é simples, contando apenas com o desenho de uma chave a cada começo de capítulo. As páginas são amareladas, a fonte é média e o espaçamento é bom. Sobre a revisão, não tenho muito a reclamar. Encontrei alguns errinhos durante a leitura, mas nada que prejudicasse.
De Volta a Blackbrick é um livro belo, tocante e arrebatador. Estou apaixonado por essa história e já quero mais publicações da autora aqui no Brasil. Com certeza recomendo a leitura a todos. Não vão se arrepender!
Beijos e até mais!

***
Esta postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA.
Clique aqui e saiba como participar.

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.