sobre livros e a vida

06/10/2021

Blackout, de várias autoras

Blackout é um livro dividido em seis histórias, cada uma narrada por uma autora diferente, trazendo à tona o protagonismo negro. Nessa obra, vamos acompanhar uma Nova Iorque sofrendo com uma enorme onda de calor, que vem a causar um apagão total por toda cidade. A partir deste blackout que seis histórias de amor irão se desenvolver, cada uma à sua maneira.

Das seis autoras desta obra, eu só tinha lido algo da Nicola Yoon e conhecia de nome a Angie Thomas. Finalizando a obra, eu só tive a certeza de que queria conhecer melhor as outras autoras também. Todas as escritas são fluidas e combinam tão bem entre si que não parecem várias narrativas unidas e sim uma coisa só. Isso foi incrível de acompanhar, pois só deixou o livro mais interessante e envolvente.

Algumas histórias tiveram mais destaques do que outras e acho que esse foi o ponto que não me permitiu dar 5 estrelas para o livro. Como, por exemplo, o encontro de Nella e Joss na casa de repouso onde o avô da primeira menina vive. A conexão das duas foi instantânea e a química entre elas era inegável. Mas sua história foi cortada antes da melhor parte e elas não apareceram mais. Também queria um pouquinho mais da interação entre Tremaine e JJ, que foi fofa desde o início.

O ponto mais positivo desse livro é que tem amor para todos os gostos. Temos relacionamentos LGBTQIA+, romance nascendo entre melhores amigos, ex-namorados retomando a relação, triângulo amoroso, pessoas se conhecendo e se apaixonando à primeira vista… Cada história de amor teve sua peculiaridade, nenhuma semelhante à outra, o que só deixou a obra mais apaixonante.

Os personagens foram muito bem caracterizados e todos os protagonistas dos contos tinham alguma ligação entre si. Às vezes nada muito óbvio, mas se você prestar bem atenção nos detalhes, irá perceber que uma história complementava a outra e achei essa dinâmica sensacional, pois realmente parecia se tratar de uma coisa só e não vários fragmentos unidos em um conjunto só.

A edição física está sensacional. A capa preta com os detalhes em amarelo e roxo ficou muito bem ornamentada, fora que o título brilha no escuro. A diagramação é simples, o espaçamento é ótimo, a fonte é grande e as páginas são amareladas. Mais um excelente trabalho da Editora Seguinte.

Blackout é um livro cativante, com personagens reais e repleto de amor e representatividade. É uma história que me deixou com um quentinho no coração quando terminei e que com toda certeza eu recomendo a leitura a todos. Tenho certeza que vão se encantar tanto quanto eu.

Ei, eu sou a Barb, tenho 27 anos, sou baiana, estudei Letras e compartilho conteúdo desde 2010 na internet. Por aqui, escrevo sobre tudo que faz meu coração bater mais forte.

Se inscreva no meu canal do youtube

Além do meu amor pela leitura e pelas histórias de romance, eu compartilho vlogs sobre a minha rotina e trabalho, mostrando como é a vida de uma baiana morando em Madrid, na Espanha.

Ei, inscritos no Telegram

Faça parte do nosso grupo aberto e gratuito no Telegram. Lá os inscritos recebem novidades, conteúdos exclusivos, além de um podcast semanal (em áudio) sobre o que se passa na mente da criadora de conteúdo.

Telegram

Quer receber minha newsletter?

Vamos conversar mais de pertinho? Enviamos conteúdos semanais sobre assuntos mais intimistas: reflexões sobre a vida e situações cotidianas.